Popular Posts

© 2013 The Travelling Dandy. All rights reserved. PR XII-XII-MMXII. Powered by Blogger.

Labels

Ewy!

Top Slider

Portfolio

Labels

Contact

Name

Email *

Message *

Carousel

Instagram

About

Flickr

Facebook

Pages

The Dandy's Love


En
February is the month of love. And which could be the best way for The Travelling Dandy to celebrate love but through widening his frontiers and discovering the wonders of a multicultural world, finding the beauty that lies in diversity, finding out through diversity the common base of human nature in their quest for happiness, God and perfection. The world is an equilibrium of colours, languages and beliefs and those are the ingredients that make it special. Prejudice is born out of ignorance and fed by intolerance. An opened spirit is the prize for the world traveller. By meeting people from different cultures he understands the world from its roots, finding himself emerged in different cultural contexts that demand him to understand diversity in order to be integrated and accepted. Diversity is beauty. And the Dandy loves beauty. To find out how two different cultures evolved and expressed their art throughout History and how they both, by two different ways pursued their ideal of beauty and reached it is the essence of Humankind itself: there is not one way to be human, there are several and there is not one righter than the other.

In the month of love The Travelling Dandy isn't flying far but is still moving continents. He'll take you to the country of leather, mint tea and bargaining. A country of beautiful sea coasts, burning deserts and snowy mountains. In Morocco he will loose himself in the labyrinthine souks of the Marrakech' medina, show you the hotels, the riads and the restaurants... cool! Among many other things. He will take you on a trip through the Atlas mountains to find forgotten cities, sets of loads of History and very famous movies. Come discover the colours - there are so many! - as well as the nature of these welcoming, kind but also very astute people.

In a world that walks towards globalization, cultural diversity is an ever growing relevant constant in society, but also a more fading reality. More and more we share the same standards, the same idols, the same style and less and less we are unique. There is a path to a cosmopolitan and noninvasive globalization that preserves history, beliefs and culture and it is through tolerance and contemplative spirit that we can achieve that path. It is easy to travel somewhere exotic and stay at a standardized hotel or resort that provides us all the same commodities and standards of any other big hotel chain in the world and never leave it, during all the stay, to experience and feel reality. But how can we live the place, the people and the culture that way? The Travelling Dandy wishes to make you think about this and to challenge you to dare to love diversity. To embrace it as the marvelous thing that it is and to allow yourself to see the world through different eyes. That's where lyes the secret to access the beauty that lies within.

This month, as always, dare to love...

Pt

Fevereiro é o mês do amor. E para The Travelling Dandy qual a melhor forma de celebrar o amor do que alargar os seus horizontes para descobrir as maravilhas de um mundo pluri-cultural, descobrindo a beleza que reside na diversidade e, através desta, a base comum da natureza humana na sua procura da felicidade, de Deus e da perfeição. O mundo é um equilíbrio de cores, línguas e crenças e são esses os ingredientes que o tornam especial. O preconceito é fruto da ignorância e alimentado pela intolerância. Um espírito aberto é a recompensa do viajante. Através do contacto com pessoas de diferentes culturas ele passa a compreender o mundo a partir das suas raízes, encontrando-se imerso em diferentes contextos culturais que lhe exigem a compreensão dessa diversidade, para que se possa integrar e ser aceite. Diversidade é beleza e o Dandy adora a beleza. Descobrir como duas culturas diferentes evoluíram e aprenderam a exprimir-se através da arte ao longo da História e como ambas, cada uma à sua maneira, perseguiram o seu ideal de beleza e o alcançaram revela a essência da própria Humanidade: não existe uma maneira de ser humano, existem várias, e nenhuma é mais certa do que a outra.

No mês do amor o Travelling Dandy não voou até longe mas foi até outro continente. Ele vai levá-lo até ao país da pele, do chá de menta e do regateio. Um país de praias espectaculares, de desertos tórridos e montanhas nevadas. Em Marrocos ele vai perder-se nos labirínticos souks da medina de Marraquexe, mostrar-lhe os hotéis, os riads e os restaurantes... cool! Entre muitas outras coisas. Ele vai levá-lo numa viagem através das montanhas do Atlas para descobrir cidades perdidas, cenário de muita história e muitos filmes famosos. Venha descobrir as cores (há tantas!), bem como a natureza deste povo tão acolhedor, amável mas também muito astuto.

Num mundo que caminha na direcção da globalização, a diversidade cultural torna-se um factor cada vez mais relevante na sociedade, mas também uma realidade cada vez mais em vias de extinção. Mais do que nunca tendemos a partilhar os mesmos padrões, os mesmos ídolos, o mesmo estilo e a cada vez tornamo-nos menos únicos. Existe um caminho para uma globalização cosmopolita e não invasiva que preserva História, crenças e cultura e é através da tolerância e de um espírito contemplativo que se encontra esse caminho. É fácil viajar até um local exótico e hospedar-se num hotel ou resort standardizado que oferece o mesmo padrão de comodidades e serviços que qualquer outro hotel de uma grande cadeia hoteleira do mundo, sem nunca daí sair para sentir e ver a realidade. Mas como podemos realmente viver um sítio, as pessoas e a cultura de tal forma? The Travelling Dandy deseja fazê-lo pensar sobre isso e desafiá-lo a ousar amar a diversidade. A abraçá-la como a coisa maravilhosa que é e a permitir-se olhar para o mundo através de outros olhos. É aí que reside o segredo para encontrar a beleza intrínseca de tudo.

Este mês, como sempre, ouse amar...
< >

No comments:

Post a Comment

Share your opinion | Partilha connosco a tua opinião