Popular Posts

© 2013 The Travelling Dandy. All rights reserved. PR XII-XII-MMXII. Powered by Blogger.

Labels

Ewy!

Top Slider

Portfolio

Labels

Contact

Name

Email *

Message *

Carousel

Instagram

About

Flickr

Facebook

Pages

Eileen Gray At The Pompidou


En
The Irish designer Eileen Gray was born in 1878 and soon revealed to possess an accurate aesthetic sensibility. Having studied art, she first visited Paris in 1900 to at ten the Exposition Universelle in which the main style represented was the Art Nouveau. This trip would change her life forever. Soon after that she moved to Paris to study there but her mother illness has forced her to go back to London. A walk in Soho would also determine her artistic style, as she passed one day by a lacquer repair shop. "Could you teach me the techniques of lacquer work" she might have asked Mr. D. Charles, the shop owner, as she made his acquaintance. He not only did as he introduced her to Seizo Sugawara, a Japanese Lacquer work master that made her moving back to Paris and taught her all he knew about that technique and allowing her to produce the pieces of her first lacquer collection that was a success upon presentation one hundred years ago, in 1913.


In this exhibition we can find some of Gray's most notorious design works, such as the E1027 table and the Lacquer Screen, as well as the most famous houses she designed: E1027 and Tempe a Pailla in the South of France.

Through the pieces exhibited we get also glimpses of some of the artist's famous quotes and biography notes, learning her avant-gardiste personality, having stated for more than once that an artist should always look at and reflect his own time.

Pt

A designer irlandesa Eileen Gray nasceu em 19878 e desde cedo revelou possuir uma sensibilidade estética apurada. Tendo-se dedicado ao estudo da arte, visitou Paris pela primeira vez em 1900 para visitar a Exposição Universal desse ano, na qual reinava o estilo Art Nouveau. Esta viagem iria mudar a sua vida para sempre. Pouco tempo depois disso, mudou-se para Paris para estudar mas a doença repentina da sua mãe forçou-a a regressar para Londres. Certo dia, ao passear por Londres, passou por uma loja de reparação de peças de laca que iria influenciar o seu estilo artístico definitivamente. "Poderia ensinar-me os fundamentos do trabalho em laca", terá perguntado ao Sr. D. Charles, dono da loja, ao conheçê-lo. Ele não se limitou a fazer isso mas também a po-la em contacto com Seizo Sugawara, um mestre japonês do trabalho em laca, que fez com que Eileen regressasse para Paris e lhe ensinou tudo o que sabia sobre aquela técnica, permitindo-lhe criar as peças da sua primeira colecção de lacas que foi um sucesso, aquando da apresentação há cem anos atrás, em 1913.

Nesta exposição podemos encontrar algumas das peças mais emblemáticas da designer, como a mesa E1027 e o Biombo de Laca, tal como as casas mais famosas que desenhou: E1027 e Tempe a Pailla no sul de França.

Através das peças em exposição vemos algumas das famosas frases da artista e passagens biográficas, compreendendo a sua personalidade avant-gardiste, que disse mais do que uma vez que um artista deveria sempre olhar e reflectir o seu próprio tempo.


< >

No comments:

Post a Comment

Share your opinion | Partilha connosco a tua opinião